^

20 anos de Seu Bomfim

Foto: Alessandra Nohvais

O espetáculo Seu Bomfim, comemora 20 anos e se apresenta no Espaço Cultural Casa 14 no Pelourinho,  no dia 31 de janeiro, às 19h, compondo a programação do Festival Kan Merin.

Após percorrer diversas cidades brasileiras e do exterior, o espetáculo se apresenta no mesmo local que estreou em 2000,  iniciando sua turnê de comemoração que incluirá outros estados e países. O encantamento se fez uma reação constante neste espetáculo teatral que transita entre sentimentos e temas distintos. Aqui o espectador ri, chora e se emociona com as histórias contadas por Seu Bomfim, repleta de personagens inusitados e experimenta variadas sensações que transitam entre o cômico e o trágico, num teatro físico e mental que não prescinde das palavras bem ditas.

Em vários momentos deste espetáculo somos levados a uma vasta seara de questionamentos sobre o tempo, a vida, a loucura e o desconhecido.  Deparamo-nos com um homem velho, que narra seu passado, vivido no sertão do Brasil, marcado pela ausência de um pai presente, que se refugia no meio de um rio (“perto dos olhos, mas longe das mãos”).

Este espetáculo possui um grande mérito de se apropriar da matriz Sertaneja de Guimarãres Rosa, presente no conto “A Terceira Margem do Rio”, e transforma-la, para a linguagem teatral, estabelecendo uma nova criação prenha das referências roseanas. Vemos o sertão explicitado na atmosfera e na linguagem desta personagem primando pela valorização da palavra, trabalhada de forma quase que artesanal, como um ofício, da musicalidade tão característica e na valorização dos elementos físicos como um instrumento de teatralização.

Seu Bomfim, uma realização do Território Sirius Teatro, conta direção, atuação e autoria de Fabio Vidal, a direção conjunta de Meran Vargens, o cenário e figurino possuem a assinatura de Moacyr Gramacho, a iluminação de Fernanda Paquelet e a maquiagem de Marie Thauront.

 

Sinopse

Um contador de histórias chamado Seu Bomfim, um velho e errante homem do sertão, surge contando um episódio sobre um “homem do rio” que deixou sua família e sua vida para se colocar numa canoa, no meio do rio, de onde não sai mais. A partir dessa narrativa Seu Bomfim, narra acontecimentos do seu passado, onde rememora pessoas e locais, e expõe pensamentos sobre várias questões. Suas estórias, seu humor, questionamentos e ações levam o espectador a entrar no seu mundo subjetivo colocando em evidência seu drama humano pessoal que se encontra enraizado numa cultura sertaneja – nordestina – brasileira.

 

Seu Bomfim no festival Kan Merim

Dia:31 de janeiro (sexta feira)
Horário: 19h
Local: Casa 14 – Rua Frei Vicente 14 – Pelourinho – Salvador – BA
Inf: 71- 988443217/992225289
Ingresso: R$ 20 (Inteira) R$ 10 (meia)
Vendas pelo site: https://www.sympla.com.br/seu-bomfim__758147

Share

Reply