^

Equipe

Território Sirius – Fábio Vidal (BR)

Ator-performer, autor, diretor, professor e produtor. Mestre e Bacharel pela UFBA. Criou, dirige e atua nas encenações Sebastião, Seu Bomfim, Velôsidade Máxima e ERê – Eterno Rêtorno, Atualmente desenvolve o espetáculo Joelma e assina a dramaturgo do Novo espetáculo do Balé do Teatro Castro Alves (Álbum de Família), Dirigiu os espetáculos Temporal e Casa numero Nada. Como ator participou de diversas montagens dentre às quais Salmo 91, Murmúrios,Divinas Palavras, Os Acrobatas; Casa de Eros e Otelo Recentemente participou dos filmes O Homem que não dormia, direção de Edgard Navarro e Joelma direção de Edson Bastos.

 

 

União Instável  

Clara Garcia Espada (ES)

Clara Garcia trabalha como artista independente, circulando principalmente entre Alemanha, Espanha e Brasil. Improviso, dança contemporânea e a acrobacia – com grandes influências de danças urbanas e breakdance – demarcam o seu campo de atuação artística. É formada em Dança e Coreografia e já atuou em diversos projetos artísticos pela Europa, como dançarina e atriz, e já trabalhou como professora de dança e projetos socioculturais.

Claudio Machado

Ator, dançarino, diretor e produtor cultural. Graduado em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia. Com mais de 20 anos de atuação em mais de 50 produções baianas para as linguagens de teatro, dança, performance, música e cinema. Já foi premiado no Prêmio Brasken de Teatro e desde de 2016 integra o Antagon TheaterAKTion, como performer e diretor, atuando em espetáculos do repertório do grupo em festivais pela Europa, Ásia e América bem como dirigindo performances apresentadas na Alemanha.

 

 

 Vôo Audiovisual 

 Edson Bastos (BR)

Cineasta graduado em Cinema e Vídeo pela FTC (Salvador) e especialista em Audiovisual pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), em Ilhéus. Ele é diretor da Voo Audiovisual, produtora fundada em janeiro de 2012, e acumula as funções de produtor executivo e curador do Festival de Cinema Baiano (Feciba), realizado há seis anos em diferentes cidades baianas. Seu currículo como diretor acumula sete curtas e seu mais novo projeto é a série e telefilme “A professora de música”. No teatro, dirigiu e roteirizou o espetáculo “Joelma”, que teve origem no projeto do curta-metragem homônimo, juntamente com Fábio Vidal. O espetáculo já foi selecionado pelo Edital Setorial de Teatro de 2012, pelo Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2014, Programa Petrobrás Distribuidora de Cultura e Ocupações dos Espaços da Caixa Cultural.

Henrique Filho (BR)

Graduado em Comunicação Social com habilitação em Rádio e TV na UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz, em Ilhéus-BA. Dirigiu curtas de ficção, dentre eles “O filme de Carlinhos” (2014) – selecionado em mais de 30 festivais nacionais e internacionais, participante da Short Film Corner do Festival de Cannes, indicado na categoria Melhor Curta de Ficção no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e vencedor de 08 prêmios, incluindo Melhor Roteiro, Melhor Direção e Melhor Filme;“Cine Éden” (2013); “É proibido menino calçado entrar na escola” (2013) – premiado como Melhor Filme pelo Júri ABCV no “Festival 5′ Minutos”; “O velho e os três meninos” (2012) ; E o premiado “A fórmula” (2011), com o Troféu Tatu de Prata “Prêmio Revelação” na 38ª Jornada Internacional de Cinema da Bahia, em 2011 e vencedor de 03 prêmios do Festival Manoel Padeiro, em Pelotas, Rio Grande do Sul, como Melhor Diretor, Melhor Roteiro e Melhor Curta Universitário. Possui experiência em longa, telefilme, websérie, série de TV e videoclipes. Foi estagiário no circuito interno de TV, a TV UESC, como videorepórter e como diretor geral da série de ficção Encena (2009). Mais recentemente, escreveu e dirigiu o telefilme e série de ficção com 13 episódios “A professora de música” (2016). É Coordenador de Comunicação do FECIBA – Festival de Cinema Baiano.

 

 

Multi Planejamento Cultural – Ana Paula Vasconcelos e Renata Hasselman (BR)

A Multi Planejamento Cultural atua há 8 anos no mercado cultural baiano, e já desenvolveu e participou de grandes projetos e iniciativas somando mais de 80 ações de diversas linguagens artísticas. O sucesso dessas ações vem contribuindo efetivamente para o crescimento da produção cultural baiana e brasileira e para o desenvolvimento social através da cultura. A empresa promove ações estruturantes mas também produz grandes ações como a produção local do show de Elton John na Arena Fonte Nova, atingindo o maior público da turnê nacional do artista. A produtora é responsável por diversos projetos duradouros na cidade de Salvador, como o Verão Luiz Caldas alcançando a marca de 28 mil espectadores nos ensaios que ocorrem há 5 anos. O Música para Brincar que este ano completou 5 anos de realização e o Festival de Ilustração e Literatura que chega a sua quarta edição em 2019.

 

Digital Films – Alexis BorrÀs (ES)

Digital Films é uma produtora localizada em Barcelona, especializada em educação em cinema e cultura visual. Com experiência no audiovisual e educação, são responsáveis por roteiro, direção e produção de obras, de festivais de cinema, recursos audiovisuais de exposições e recursos pedagógicos. Alexis Borràs é fundador de Digital Films e professor na Universitat Autònoma de Barcelona (UAB). Realizou projetos educativos para a Obra Social “la Caixa”, o Instituto Municipal de Educación y el MACBA, entre outros. Também produziu peças audiovisuais para reconhecidos diretores espanhóis como Juanma Bajo Ulloa, Joaquim Oristrell, Borja Cobeaga e  Rafa Cortés.

Share