Eterno Rêtorno -ERê, retorna em nova versão online

O Território Sirius Teatro, trará em sua programação Virtual Online de maio, a apresentação gratuita da encenação Eterno Retorno – ERê, do multi artista Fabio Vidal. A estreia do espetáculo realizado no Teatro GamboaNova ocorrerá dia 21, sexta, às 19h através do perfil do Youtube do Território Sirius. Coligado a apresentação será veiculado o projeto PapoGamboa onde o artista solo dialoga com o publico sobre questões que envolvem a encenação.

LINK DE ACESSO – https://www.youtube.com/watch?v=gXtcGKG-wVk

Este espetáculo trata da história da criação do Universo, da vida e do humano: seu processo de ciclo e de evoluções. Inicia antes do Big-Bang (15 bilhões de anos atrás) e se desenvolve até os dias atuais. A doutrina do ‘Eterno Retorno’ de Nietzsche, Cosmologia, teoria evolucionária e a persona do ERê são as matrizes usadas na construção deste trabalho que reflete o Mundo e o Brasil de agora.

O artista evoca ao palco um ERê, um ser múltiplo que assume os papéis de apresentador, mensageiro, palhaço, bufão e divindade. Ele vivencia e narra diversas paradoxos da existência humana sob diferentes aspectos: morte e vida; a infância e velhice; o trágico e cômico. Essa figura propõe uma reflexão sobre a criação do universo, o surgimento da vida, a evolução do homem e sua trajetória ao longo do tempo e espaço.

A proposta do ERê é conduzir o público, para uma viagem sobre o seu passado, gerando reflexão sobre o seu presente. A encenação trata de temas variados e diversos de interesses de pesquisadores de áreas distintas (física, matemática, cosmologia, química, ciências evolucionárias, história e artes). É indicado para estudantes pelo seu alto teor informativo. A encenação narra e questiona, o processo evolucionário abordando, com humor, questões como memória, vida, consumo, tempo, caos, verdade, liberdade, saúde, padronização, violência e ecologia através de metáforas corporais e poesias cênicas.

Eterno Rêtorno – ERê,  já foi apresentado em diferentes estados do Brasil, além de integrar a programação de importantes festivais. Essa nova versão dialoga com uma nova  linguagem, misto entre teatro e cinema. A apresentação é uma ação de contrapartida do Território Sirius Teatro, com uso do subsídio pago pelo “Mapa Cultural de Salvador” da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura de Salvador, por meio da “Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc”, com recursos da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.

 

  Ficha Técnica

Fábio Vidal – Atuação, criação, direção, figurino.

Marie Thauront e Fábio Vidal – Maquiagem.

Fernanda Paquelet – Iluminação

Moisés Victório – Operação de luz e adaptações para transmissão online

Produção – Ana Paula Vasconcelos (Multi planejamento Cultural)

Realização: Território Sirius Teatro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *